Iniciando um Núcleo de Fé

Nesse tempo Deus tem feito maravilhas em nosso meio, derramando sua libertação, restauração e salvação para muitas vidas. Nosso coração se enche de alegria em tudo isso!

No início do ano recebemos uma palavra profética: é tempo de crer no SIM de Deus. E nós temos crido e visto as promessas de Deus se cumprirem. Durante este ano de celebração, estaremos reunidos para ser encorajados e fortalecidos pela palavra de Deus para seguir nesse chamado de fé.

Venha celebrar ao Senhor conosco por tudo o que Ele é e por tudo o que Ele tem feito. Junte-se a nós e creia no SIM de Deus para sua vida!

Faça parte

Nosso desejo é que você faça parte da família Adoração Núcleo da Fé. Em nossa igreja temos diversas atividades que permitem aos membros conhecer a bíblia, desenvolver relacionamentos e colaborar em alguma área de seu interesse.

O acompanhamento individual acontece principalmente por meio dos Núcleos de Fé. Para isso, em nosso site você pode fazer uma pesquisa de Núcleo de Fé em que melhor se encaixe. Outra maneira é ligar em nossa secretaria e pedir auxílio para realizar essa escolha.

Outra excelente oportunidade para se integrar é o Núcleo de Conexão, esse curso será lançado em breve. Aguarde mais informações. Esse curso composto de 12 lições apresenta verdades fundamentais da fé cristã, como salvação, batismo, ceia. Uma das lições do curso é dedicada para apresentar a visão da igreja bem como o seu funcionamento.

Você também pode colaborar para que os cultos e demais atividades aconteçam participando de um Núcleo de Fé ou de um Ministério. Conheça a atuação de cada área e descubra onde você melhor se encaixe. Coloque suas habilidades a disposição do Senhor e fortaleça amizades trabalhando com a família  Adoração através dos Núcleos de Fé.

Além dos cultos fixos, são realizadas diversas atividades ao longo do ano, como acampamentos, encontros com Deus e celebrações comemorativas. Esses eventos são avisados durante as reuniões e em nossas mídias e Templos.

Entre em contato conosco e integre-se a essa família de fé. Participe de nossos cursos e atividades, fortaleça suas amizades e aprimore seu relacionamento com Deus. Estamos aqui para servi-lo em Cristo. Que Deus te abençoe!

Agradecemos a Deus as bênçãos recebidas através do programa de Núcleos de Fé e Estudos Bíblicos nos Lares.


Os Núcleos são desenvolvidos na sua maior parte, em lares de crentes, mas também realizamos Núcleos em casas de pessoas não crentes que queiram estudar conosco a Palavra.
Embora os lares sejam a base do programa, temos tido Núcleos em diferentes locais, como por exemplo:
– Estudantes que reúnem colegas no recreio do colégio para estudar a Palavra
– Empregados que reúnem colegas de trabalho no horário do almoço para juntos estudarem os cursos bíblicos
– Patrão que reúne seus empregados em determinado horário para ministrar-lhes a Palavra.

São muitas as possibilidades que os crentes têm em ser uma bênção onde estiverem se forem devidamente orientados em como estabelecer estes Núcleos de estudos.
Os Núcleos que temos desenvolvidos são especialmente evangelísticos e, por isso, temos dado muita ênfase na questão do convite aos vizinhos.
Este método de evangelização dá resultado, porque é o método do Novo Testamento e testado pela Igreja Primitiva.
Este manual é o resultado das experiências, e é nosso desejo incentivar outras igrejas no estabelecimento de muitos Núcleos de Fé e Estudos Bíblicos.
Estamos à disposição de todos aqueles que desejam mais informações ou contato conosco.

Em Cristo Jesus,

PASTOR SEVERINO DO RAMO F. DA SILVA


NÚCLEOS DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS NOS LARES

Muitas igrejas desejam estabelecer Núcleos de Estudos Bíblicos nos Lares, porém necessitam de alguma orientação quanto ao procedimento.
Nossa sugestão é que sejam estabelecidos muitos Núcleos não só nos lares, mas em fábricas, colégios e que, posteriormente poderão se tornar Congregações e Igrejas.
Estamos oferecendo um manual de Orientação, simples, com várias opções dentro das possibilidades de cada igreja.

I – BASES BÍBLICAS
O Pastor Irland Pereira de Azevedo, referindo-se à importância do lar no Novo Testamento, diz:O ministério de Jesus desenvolveu-se em íntima relação com os lares, por isso muitos dos seus ensinos foram ministrados no seio das famílias(João 4:46-54 e Lucas 19:1-10).
Na Igreja Primitiva, de modo semelhante, o lar teve um papel extremamente relevante, visto os lares serem extensão da Igreja, como bem de pode observar em Atos 10:24, Romanos 16:5, Colossenses 4:15 e Filemon 2.
Os lares precisam ser redescobertos pelas igrejas como fonte de evangelização dos perdidos e edificação dos crentes.
Sua igreja pode crescer muito mais se tiver um programa sério de Estudos Bíblicos nos Lares.


II – MODALIDADES DE NÚCLEOS DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOSPoderão ser estabelecidos vários tipos de Núcleos de Estudos Bíblicos nos Lares, dependendo dos objetivos propostos. Alguns exemplos:


1. Núcleos de Fé para edificação e comunhão – Algumas igrejas têm usado este método com grandes resultados. Estes Núcleos visam prioritariamente ajudar os crentes a crescerem no conhecimento da Palavra de Deus. São Núcleos constituídos basicamente por crentes. Duas ou três famílias, ou oito a dez pessoas, se reúnem semanalmente para estudos bíblicos e comunhão. Pode o Núcleo se realizar em local fixo ou rotativo, dependendo da conveniência do grupo. Poderá ser estudado um livro da Bíblia, ou lições especiais de doutrinamento, ou mesmo um bom livro, sendo abordado um capítulo por semana, etc. É preciso Ter muito cuidado para não se haver desvio doutrinário ou se formarem “igrejinhas”: comunidade independente e desvinculada da igreja. Seria aconselhável que o próprio pastor tivesse a coordenação desses Núcleos.



2. Núcleos de Fé para evangelização – Os Núcleos de Fé, nos lares constituem excelente meio de evangelização. Muitas igrejas já despertaram para esta realidade; outras, porém, ainda não descobriram a bênção que é se voltar para este método que não é novo, pelo contrário, a Igreja Primitiva já o aplicava. Sua igreja pode crescer muito mais se começar já a evangelizar através dos Núcleos de Fé nos lares. Embora a base deste programa seja o lar, deve ele se estender, de maneira ampla, a todo relacionamento dos crentes.

É preciso motivar e oferecer condições aos estudantes de nossas igrejas para que estabeleçam Núcleos de Fé e Estudos Bíblicos em seus colégios, universidades, reunindo ali seus colegas; os que são empregados estabeleçam Núcleos de Estudos Bíblicos em seu trabalho com seus companheiros; os patrões estabeleçam Núcleos de Fé com seus empregados; Núcleos nos hospitais, quartéis, presídios, enfim, em toda parte onde houver oportunidade de sentar com, pelo menos, mais uma pessoa para estudar a Palavra de Deus de maneira sistemática.

III – DURAÇÃO DOS NÚCLEOS DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS NOS LARES.

Quanto à duração, os Núcleos de Estudos Bíblicos nos lares poderão variar dependendo de seus propósitos.


a) Núcleos permanentes – Poderão ser estabelecidos Núcleos sem duração pré-determinada. Permanecerão ativos enquanto houver interesse da igreja e dos componentes do grupo. Algumas igrejas mantêm alguns Núcleos já por cinco anos ininterruptos, com excelentes resultados.


b) Núcleos temporários – Pode se estabelecer Núcleos com duração pré-determinada. Inicia-se um Núcleo para duração de um mês, três meses, seis meses ou mesmo um ano. Algumas igrejas estão realizando excelente trabalho de evangelização através de Núcleos nos lares, formados com o fim específico, de estudar quatro lições apenas, ou seja, quatro semanas ou um mês. Após a conclusão das lições, os participantes recebem um certificado de conclusão e o Núcleo encerra, então, suas atividades, podendo, no entanto, prosseguir se houver interesse do grupo.


IV – COMO SE INICIAR NÚCLEOS DE ESTUDOS BÍBLICOS NOS LARES PARA EVANGELIZAÇÃO


1. O primeiro passo é procurar conscientizar a igreja quanto à necessidade dos lares serem abertos para a evangelização. Seria muito bom a igreja ouvir mensagens mostrando como Deus, no passado, utilizou lares como meio de evangelização, como por exemplo, a casa de Cornélio, conforme Atos 10.

2. O segundo passo é a mobilização dos lares. Para os Núcleos temporários, sem dúvida, será mais fácil encontrar lares disponíveis. Oferecer um lar para um Núcleo durante um mês ou três meses é bem mais fácil que oferecê-lo por tempo indeterminado. Mesmo assim, é necessário muito trabalho e persistência, para se conseguir o maior número possível de lares onde serão estabelecidos Núcleos de Estudos Bíblicos.

Segue abaixo sugestão de ficha para arrolamento de lares. Fichas suficientes devem ser feitas para ampla distribuição a todos os lares, com antecedência de dois meses, até que seja alcançado o número de lares estabelecido como alvo. É importante se fazer um alvo: cinco, dez, cem núcleos… Deus honra a nossa fé.



V – TREINAMENTO DE LÍDERES PARA OS LIDERES DOS NUCLEOS DE FÉ

É muito importante haver líderes treinados para a direção dos Núcleos de Estudos Bíblicos nos lares para que não haja desvios e para que se alcance o propósito desejado.

Com antecedência mínima de três meses, lançar a Ficha de Arrolamento de Líderes, que pode ser entregue pessoalmente pelo pastor aos líderes que ele desejar ou, então, ser entregue a toda a igreja, para se descobrir novos líderes, pessoas que desejam ser treinadas para liderar Núcleos.

Quando já se houver alcançado o número suficiente de líderes, então, com um mês de antecedência, deve haver encontros com todos os líderes cadastrados para um treinamento específico, mostrando-lhes seu papel e como deve funcionar cada Núcleo. É aconselhável que o pastor faça com este grupo uma reunião que sirva de modelo. Neste encontro, o pastor agiria exatamente como se estivesse dirigindo um Núcleo, inclusive fazendo a lição e envolvendo todos os líderes presentes no estudo. Se possível todas as lições a serem ministradas pelos líderes nos lares, deveriam ser feitas nestas reuniões de treinamento.


a) Qualificações de um líder

  1. Ser um crente de maturidade espiritual. Deve ser um crente que ame profundamente a Palavra de Deus e que se dedique ao estudo diário da Bíblia.
    2. Ser um crente que cultive uma vida devocional regular com o Senhor.
    3. Ser um crente que tenha profundo amor pelas almas perdidas e por elas interceda em oração.
    4. Seja fiel ao Senhor, encarando com muita seriedade e amor o compromisso semanal com o grupo.
    5. Que seja pontual, chegando sempre antes da hora determinada para o encontro (pelo menos 15 minutos antes).
    6. Que seja estudioso e tenha sempre bem preparado o estudo a ser ministrado.
    7. Não deve ser uma pessoa questionadora, defensiva ou autoritária. Há de ser flexível, sem comprometer a verdade.

    b) Orientações gerais ao líder.

  2. 1. Chegar mais cedo. Verificar se tudo está em ordem. Procurar criar um ambiente propício para o estudo.
    2. Juntamente com a família hospedeira, receber alegremente os visitantes, ajudando-os a se acomodarem e, no momento adequado, apresentá-los gentilmente ao grupo.
    3. Iniciar e terminar no horário. A reunião não deve exceder à uma hora.
    4. Iniciar com oração ou orações. Os grupos essencialmente evangelísticos devem se limitar ao estudo bíblico, dispensando, inclusive os cânticos.
    5. O número de pessoas não deve exceder a 10 pessoas e, no máximo, a 15 pessoas. Além deste número é aconselhável que se subdivida o grupo em dois ou mais. Não olhar para o número pequeno de participantes; desde que duas ou três pessoas estejam dispostas a estudar a Bíblia, iniciar o Núcleo no lar.
    6. Não dar aspecto de pregador. Um Núcleo de Estudos Bíblicos nos lares não é a mesma coisa que um Culto público. O líder do grupo não será um pregador.
    7. Não fazer sermões. Um bom líder é aquele que fala pouco e consegue a participação de todos. Não responder as perguntas das lições, mas conduzir o grupo na resposta. De preferência, o líder deve estar assentado ao nível dos participantes, em círculo e não atrás de uma mesinha como pregador.
    8. Com muito cuidado e delicadeza, não permitir que os “falantes” dominem a conversa. Pode-se sair bem desta situação, dizendo: “… ótimo… agora vamos ouvir a opinião do ‘fulano de tal’ que não tem falado muito em nossa reunião”.
    9. Ser sábio. Quando fizer perguntas diretas, fazê-lo com cuidado para não inibir a pessoa ou deixá-la envergonhada.
    10. Não permitir que haja desvio do assunto, fazendo-o delicadamente e com sabedoria.
    11. Dar atenção a cada pessoa do grupo. Respeitar a opinião de todos, ainda que não concordando com ela.
    12. Evitar discussões e polêmicas
    13. Evitar fazer críticas a pessoas ou religiões.

    VI – CONVITES À VIZINHANÇAEstes Núcleos de Estudos Bíblicos nos Lares são específicos para evangelização; não têm o propósito de reunir famílias da igreja para comunhão, mas sim de conseguir a participação dos vizinhos. Sabe-se que é mais fácil alguém vir à casa dum vizinho do que à igreja. Por isso, nestes Núcleos certamente teremos a participação de poucos crentes, talvez somente a família hospedeira e o líder, sendo as demais pessoas não crentes. Mas, para que isso aconteça é muito importante esta preparação da família hospedeira.
    É preciso conscientizá-la de que é responsável pelo sucesso do Núcleo. Trazemos, também, um modelo de convite, que deve ser preparado pela igreja e entregue a cada família hospedeira. Sugerimos que cada uma fique com a responsabilidade de distribuir convites em 30 casas ao redor da sua. O líder deve dar toda assessoria a família hospedeira, ajudando-a no preenchimento dos dados e na distribuição.

VII – ENTREGA DOS CERTIFICADOS

Ao término do Núcleo de Fé e Estudos Bíblicos nos lares, depois de completadas as lições, todos os participantes que concluíram 70% das lições, devem ser convidados a receber um Certificado em Culto solene na igreja, onde todos, nominalmente, são chamados, recebendo também, se possível, um Novo Testamento. Neste dia, certamente muitos confirmarão publicamente sua decisão ao lado de Jesus Cristo.

VIII – ORIENTAÇÕES À FAMÍLIA HOSPEDEIRA

Nesta modalidade de Núcleos, com fim específico de evangelizar, não é necessário ser realizado apenas em lares de pessoas crentes.
Qualquer pessoa que queira oferecer o seu lar para, ali, ser estudada a Palavra de Deus deve ser atendida. Sabe-se, no entanto, que Núcleos de Estudos Bíblicos nos lares de crentes fiéis e piedosos produzirão resultados muito maiores.
Os lares de crentes que forem abertos para Núcleos de Estudos Bíblicos devem atentar para as seguintes informações (os membros da família hospedeira devem estar muito conscientes de suas responsabilidades que, abaixo, estão enumeradas):

1. Amar profundamente as almas perdidas e estar orando objetivamente pela salvação dos vizinhos. Sugerimos que orem diariamente, em família, nos Cultos domésticos, pelos vizinhos, mencionando-os nominalmente a Deus ou, se não souberem os nomes, orem pelos números das casas. Esta atitude levará a família toda a se interessar pela salvação dos vizinhos.


2. Preencher os convites, colocando o local, data e horário das reuniões. Entregar pessoalmente ao redor de sua casa. Sugerimos que cada família seja responsável por entregar convites, no mínimo, a 30 casas vizinhas. É bom destacar que não se entregue convites somente a vizinhos conhecidos, mas sim a todos, de casa em casa.
Não é obrigação da família hospedeira garantir que os vizinhos venham, mas é sua obrigação entregar, em oração, os convites, deixando os resultados com Deus.


3. Oferecer sempre um ambiente acolhedor, amigável. É muito importante receber o vizinho à porta, dando-lhes as boas-vindas com bastante alegria. Procurar deixar o visitante bem à vontade, sem muitas formalidades, bem descontraidamente. Verificar se a iluminação interna e externa são suficientes. Providenciar cadeiras com antecedência, para evitar atropelo de última hora. Os aparelhos de rádio e TV devem ser desligados, pelo menos, dez minutos antes do início da reunião.


4. As crianças – Em todos os grupos familiares existirão crianças. Elas precisam de um bom atendimento. Não devem ser esquecidas ou desprezadas. Jesus deixou-nos magnífico exemplo de interesse pelas crianças (Mateus 19:13-15); Marcos 10:13-16; Lucas 18:15-17). O grupo deve encontrar a melhor maneira de atender as crianças. Eis algumas sugestões:


a) Criar uma classe especial para elas na mesma casa onde se reúne o grupo ou em casa próxima. b) Criar um Clube Bíblico no templo, onde seus pais possam deixar seus filhos enquanto participam do grupo familiar. A prática tem demonstrado que o melhor é ter uma atividade dirigida na mesma casa.
Não deve ser uma atividade formal. Elas devem formar um grupo dinâmico que tenha brincadeiras, trabalhos manuais, estudos, histórias, cânticos e lanches. Um bom líder para as crianças muito fará por elas. Este pode ser um homem ou uma mulher. Os homens, assim como as mulheres, alcançarão grande êxito no trabalho com as crianças.
5. Evitar oferecer lanches, refrigerantes, etc. É preferível fazer uma lembrancinha, como marcador de Bíblia, por exemplo, para oferecer a cada participante.

IX – MATERIAL UTILIZADO NOS NÚCLEOS DE ESTUDOS BÍBLICOS NOS LARES

1. A Bíblia – A Bíblia sempre será o livro básico para os Núcleos de Estudos Bíblicos nos lares. É aconselhável que as lições a serem estudadas sejam baseadas num só livro do Novo testamento, para facilitar aos visitantes a localização do texto. Por exemplo: lições baseadas no Evangelho de João, de Lucas etc.


2. Lições para os estudos – Além das quatro lições no Evangelho de João, Série Alternativa oferecidas ao final deste manual, temos muitos outros estudos bíblicos preparados especialmente para pequenos grupos.


3. Ficha de matrícula
4. Certificado
5. Convite
6. Arrolamento de lares 
7. Arrolamento de líderes



Veja alguns modelos abaixo:

OFERECIMENTO DE LAR   Ofereço meu lar para realização de Núcleo de Estudo Bíblico e assumo a Responsabilidade de entregar convites
 a, pelo menos, 30 casas ao redor do meu lar. Melhor dia para funcionamento do Núcleo:                ( ) 2ª feira ( ) 3ª feira ( ) 4ª feira ( ) 5ª feira ( ) 6ª feira ( ) Sábado ( ) manhã ( ) tarde ( ) noite                 Nome: ____________________________________________Tel. Sap.________________________                 Endereço: _________________________________________________________________________
 


TREINAMENTO DE LÍDERES    Desejo ser treinado para dirigir um ou mais Núcleos de Estudos Bíblicos nos lares. Estou disposto a ajudar a    
  família hospedeira na distribuição de convites. Minha disponibilidade:         ( ) 2ª feira ( ) 3ª feira ( ) 4ª feira ( ) 5ª feira ( ) 6ª feira ( ) Sábado
( ) manhã ( ) tarde ( ) noite             Nome: ___________________________________ Tel. Sap. ___________________             Endereço: ___________________________________________________________________________




C O N V I T E  “Disse Jesus: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mimJoão 14:6   PARA: ____________________________________   Você e sua família estão convidados a participar do Núcleo de Estudo Bíblico que será realizado em nossa casa.
  Estudaremos de maneira informal, o Evangelho de João. 
  Local:_________________________________________________________   Data: _____________________ Horário: __________________ De: _________________________                                                                       

4 LIÇÕES NO EVANGELHO DE JOÃO

Para que possa já iniciar um Núcleo, apresentamos uma série de quatro lições, que compõem a primeira etapa do Núcleo de Estudos Bíblicos nos lares.

São lições de fácil compreensão, expondo o Plano da Salvação. Mandaremos, posteriormente, caso queira, as outras etapas. Tenha a liberdade de, se desejar, personalizar para a sua igreja. Pode também reduzir as lições e montar um caderno com cada uma delas. Adquira o “Evangelho de João“, pois será necessário para o estudo nos lares.

O líder deve conduzir o estudo, principalmente no sentido de levar a pessoa a procurar as referências no Evangelho de João, e de dar a sua própria resposta, de acordo com seu entendimento. Isso será ótimo para que o líder possa ajudar em sua compreensão. Instrua os participantes do NEB a completarem as questões.

Em nossa igreja, temos o costume de, a cada encontro, entregar uma só lição, justamente para que a pessoa estude profundamente e atenciosamente cada passo. Nosso desejo e oração constante é que Deus, o Senhor da Obra, abençoe a sua vida através dos estudos, abençoe a sua igreja em crescimento. Estamos à sua disposição e juntos.

Pastor Severino do Ramo F. Silva

NÚCLEO DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS

LIÇÃO 1

A Triste Realidade do Homem

DESCOBRIMENTO PESSOAL

l . Em João 8:12, como é que Jesus Cristo se chama a si mesmo?
A. O Salvador.
B. A luz do mundo.
c. O Cristo.

2. O que acontece aos que seguem a Jesus Cristo? (João 8:12).
a. Decepcionam-se, pois ele nunca aceita ninguém.
b. Acabam desistindo, porque é muito difícil segui-lo.
c. Não andam em trevas, mas têm a luz da vida.

3. Quem não gosta da luz? (João 3:20).
a. O que pratica o mal.
b. Os anjos.
C. Os homens.

4. Em João 6:35, como Jesus Cristo se chama a si mesmo?
A. A luz do mundo.
B. O pão da vida.
C. O Filho de Deus.

5. O que acontece com os que crêem em Jesus Cristo? (João 6:35).
A. Nunca terão problemas.
B. Nunca ficarão tristes.
C. Nunca mais terão sede.

6. Em João 11:25, como Jesus Cristo se chama a si mesmo?
A. A ressurreição e a vida.
B. O Filho de Deus.
C. O Criador.

7. Se alguém é escravo do pecado, quem pode, libertá-lo? (João 8:36).
A. Os remédios.
B. A oração dos crentes.
C. Jesus Cristo, o Filho de Deus.

8. O que permanece sobre aquele que NÃO CRÊ no Filho de Deus? (João 3:36).
A. O pecado.
B. A ira de Deus.
C. A indiferença.

9. O que acontece com aquele que NÃO CRÊ no Filho de Deus, Jesus Cristo? (João 3:18).
A. Já está julgado e condenado.
B. Não será condenado.
C. Será julgado, mas não condenado.

10. O que acontece a quem crê em Jesus Cristo? (João 3:18).
A. É condenado.
B. Não é nem julgado.
C. É julgado.

11. O que Deus sente pelos pecadores? (João 3:16).
A. Amor.
B. Pena.
C. Indiferença.

12. Que fez Deus, o Pai, como prova maior do seu amor para com os homens? (João 3:16).
A. Enviou um anjo ao mundo, para falar do seu amor.
B. Enviou um ser humano muito consagrado ao mundo, para repreendê-lo.
C. Enviou seu próprio Filho ao mundo, para salvá-lo.

13. Quando o Pai mandou Jesus Cristo ao mundo foi para julgar você? (João 3:1 7).
A. Sim
b. Não

14. O que o Pai queria, então, fazer com você? (João 3:17).
A. Salvar-me.
B. Avisar-me.
C. Castigar-me.

15. Deus, o Pai, deu seu Filho para morrer em seu lugar, para que você, crendo… (João 3:16).
A. “… Esteja livre de todas as enfermidades. ”
b. “… Nunca mais sofra nesta vida.”
c. “…Tenha a vida eterna.”

16. Quem pode ter a vida eterna? (João 3:36).
A. Uma pessoa que crê sinceramente em Jesus Cristo.
B. Uma pessoa que só faz o bem.
C. Uma pessoa que seja muito religiosa.

17. Para que você receba a vida eterna, o que é preciso fazer (João 3:36).
A. Fazer só o bem para o meu semelhante.
B. Crer de todo o coração em Jesus Cristo.
C. Ter uma religião, não importando qual seja.

Observação: CRER é a palavra-chave do Evangelho de João. Nele essa palavra aparece cerca de 90 vezes.

18. Se você se aproximar de Jesus Cristo, será que ele o(a) mandará embora? (João 6:37).
A. Sim
b. Não

Nesta lição descobrimos a triste realidade do homem: condenado pelos seus próprios pecados. Por isso, o homem tem andado em trevas, longe de Deus e sem salvação. Essa situação abrange todos os seres humanos, inclusive você. Mas isso pode ser mudado. Há uma esperança. Este é o assunto da próxima lição. Esperamos que você tenha achado agradável e proveitoso o estudo desta lição. Você já fez um bom começo. Não há dúvida que você vai continuar!



NÚCLEO DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS

LIÇÃO 2

Deus Apresenta a Solução Para a Triste Realidade do Homem

Parabéns! Você completou a primeira lição! Estamos certos de que você gostará mais ainda de fazer esta segunda lição! E à medida que você for estudando a Palavra de Deus sentirá mais e mais quão grande é o amor divino por você!

Na lição anterior aprendemos que:

– O homem está condenado por causa do seu pecado.
– Deus provou o seu amor pelo homem, enviando seu Filho a este mundo.
– O homem é salvo pela fé no Filho de Deus.
– O Senhor Jesus Cristo recebe a todos quantos vêm a ele.

Leia atentamente cada pergunta e assinale com X a resposta certa, na folha de respostas. Para cada pergunta só existe uma resposta certa.

1. Que afirmação João Batista fez acerca de Jesus Cristo? (João 1:34).
A. “Este é um verdadeiro Mestre.”
b. “Este é o Salvador do Mundo.”
c. “Este é o Filho de Deus.”

2. Muitos samaritanos creram em Jesus Cristo por causa do testemunho de quem? (João 4:39).
A. Dos seus discípulos.
B. Dos homens da cidade.
C. Da mulher samaritana.

3. Depois de haverem conversado pessoalmente com Jesus Cristo, o que disseram os samaritanos? (João 4:42).
A. Sabemos que Jesus Cristo é o Filho de Deus.
B. Sabemos que Jesus Cristo é o Salvador do mundo.
C. Sabemos que Jesus Cristo é um grande profeta.

4. Marta reconheceu que Jesus Cristo era quem? (João 11:27).
A. O Cristo, o Filho de Deus que havia de vir ao mundo.
B. Aquele que haveria de libertar Israel do cativeiro.
C. Um anjo com poderes especiais dados por Deus.

5. Quem é Jesus Cristo para você?
A. Um personagem importante na história.
B. Um grande filósofo do primeiro século.
C. O Filho de Deus, o Salvador do mundo.

Muitas pessoas acham que Jesus foi um grande filósofo. Realmente, há uma magnífica filosofia em seus ensinos.
Outros acham que Jesus foi um grande sábio. Onde achar mais sabedoria do que em suas palavras? Veja o que os guardas enviados para prendê-lo reconheceram (João 7:46). Gregos o procuraram para aprender dele (João 12:20,21). Outros ficaram impressionados com os seus milagres. Realmente, quem curou um cego de nascença? (João 9:1-7).
Quem teria poder para ressuscitar alguém morto há quatro dias? (João 11 :39).
Quem jamais levantou alguém que sofreu de paralisia durante 38 anos? (João 5:9). Mas, sabe? O Filho de Deus não se fez homem apenas para ser filósofo, sábio ou para curar enfermos! Ele veio para sofrer o castigo que nós merecíamos pelos nossos pecados! Ele veio para restabelecer nossa comunhão com Deus! ELE VEIO PARA SER O MEU SALVADOR, O SEU SALVADOR!

6. Leia João 18:39; 19:4; 19:6 e responda: Que crime achou Pilatos que Jesus Cristo havia praticado?
A. Crime de homicídio.
B. Nenhum crime.
C. Crime de subversão.

7. Sendo julgado inocente, que sentença recebeu Jesus Cristo do governador Pilatos? (João 19:16).
A. Sentença de prisão.
B. Sentença de exílio.
C. Sentença de morte na cruz.

8. Essa sentença foi cumprida? (João 19:1 7,18).
A. Sim
b. Não

9. Porque Jesus Cristo deu sua vida por nós? (João 15:13).
A. Porque nós somos boas pessoas.
B. Porque ele nos amou muito.
C. Porque foi obrigado pelos soldados.

10.Depois de ter sido tirado da cruz, onde foi colocado o corpo de Jesus Cristo? (João 19:40,41). A. Num cemitério antigo, onde eram colocados os criminosos comuns.
B. Num lugar desconhecido, para se inventar a ideia de ressurreição.
C. Num sepulcro novo, onde havia um belo jardim.

11. As mulheres que foram zelar do túmulo encontraram lá o corpo de Jesus Cristo? (João 20:1, 2). A. Sim
b. Não

12.O que Maria Madalena e os discípulos pensaram haver acontecido com o corpo de Jesus Cristo? (João 20:13).
A. Jesus Cristo ter ressuscitado.
B. O corpo de Jesus Cristo ter sido roubado.
C. Terem se enganado procurando-o no lugar errado.

13. Por que os discípulos pensavam assim? (João 20:9).
A. Porque não entendiam as Escrituras.
B. Porque Jesus Cristo nada disse a respeito.
C. Porque isso era comum naquela época.

14.Quem falou com Maria? (João 20:16).
A. O jardineiro.
B. Um dos soldados.
C. Jesus Cristo.

15. O que Maria contou a todos em seguida? (João 20:18).
a. “Roubaram o corpo do Senhor.”
b. “Vi o Senhor.”
c. “Puseram o Senhor num sepulcro errado.”

16. Quem mais viu Jesus Cristo ressuscitado? (João 20:19).
A. Os discípulos.
B. Os soldados.
C. Os ladrões que foram crucificados com ele.

17. Quem não estava nessa reunião? (João 20:24).
A. Pedro.
B. Tomé.
C. João.

18. Tomé acreditou que Jesus Cristo havia ressuscitado, como os outros discípulos afirmavam? (João 20:25).
A. Sim
b. Não

19. Que disse Tomé ao vir o Senhor Jesus Cristo? (João 20:28).
A. “Que bom que o Senhor está vivo!”
b. “Desculpe, Senhor, mas ainda não acredito!”
c. “Senhor meu, e Deus meu!”

20. Que disse Jesus a Tomé? (João 20:29).
A. “Você é um incrédulo; não serve para ser meu discípulo.”
b. “Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram.”
c. “Por que você não creu, Tomé? Você decepcionou-me profundamente.”

“Bem-aventurados” quer dizer “felizes”. Felizes os que não precisam ver para crer. Felizes os que aceitam a graça de Deus pela fé! Isso refere-se diretamente a você , que precisa crer pela fé na Palavra de Deus.
Fato glorioso para o cristianismo é a ressurreição do Senhor Jesus Cristo! O túmulo vazio é a segurança do cristão! Sem a ressurreição a fé cristã não teria valor. Eis como o apóstolo Paulo resume o evangelho: “Cristo morreu por nossos pecados… foi sepultado… foi ressuscitado ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (I Coríntios 15:3,4)..

21.Para que o Evangelho de João foi escrito? (João 20:31).
a. Para que creiamos que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhamos vida em seu nome.
b. Para registrar todos os fatos e eventos do ministério de Jesus Cristo, a fim de que ele seja sempre lembrado.
c. Para que Jesus Cristo seja reconhecido como um grande filósofo por aqueles que lerem o evangelho.

Embora a nossa condição como pecadores seja a pior possível, Deus proveu a nossa salvação, por meio de Jesus Cristo. Esta foi a solução que ele encontrou para a nossa salvação: a morte de seu próprio Filho numa cruz.
Ao crer no poder do sacrifício de Jesus Cristo e reconhecer humildemente que esse sacrifício foi por nossa causa, estamos dando um importante passo para receber a salvação pela graça de Deus, pois nada merecemos.
Você está disposto(a) a reconhecer a solução de Deus para a salvação, crendo em Jesus Cristo como seu eterno Salvador e Senhor.

 NÚCLEO DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS

LIÇÃO 3

A Salvação Que Deus Oferece Veja! Você chegou à metade das lições! Deve estar bem ansioso(a) por terminá-las!
Não permita que nada o(a) atrapalhe! Vamos em frente!

Na lição anterior aprendemos:
– O Salvador Jesus Cristo morreu como um Cordeiro, sem culpa.
– O Salvador ofereceu voluntariamente sua vida por amor a nós.
– O Salvador ressuscitou dos mortos, e está vivo.
– O Salvador oferece a vida eterna a todos os que nele crêem.
Leia atentamente cada pergunta e marque com X a resposta certa.

Lembre-se: Cada pergunta só tem uma resposta certa.

l. Como podemos tornar-nos filhos de Deus? (João 1:1 2).
a. Recebendo a Jesus Cristo como Salvador, ou seja, crendo nele como Salvador.
b. Realizando o bem para todas as pessoas que estiverem ao nosso redor.
c. Vivendo uma vida moralmente íntegra diante de Deus e dos homens.

2. Todos os homens são filhos de Deus? (João 1:12).
a. Sim
b. Não

No Evangelho de João aprendemos que nem todos os homens são filhos de Deus. Todos são criaturas de Deus, pois ele é o Criador de tudo, porém só é filho de Deus quem recebe pela fé o Senhor Jesus Cristo como Salvador, Senhor e Mestre (João 1:1 2).

3. De quem podemos receber a vida eterna como um presente? (João 10:28).
a. Da Virgem Maria.
b. De Jesus Cristo. c. Dos santos apóstolos.

4. Qual é a única razão pela qual alguém deixa de receber a vida eterna? (João 5:40).
a. Não fazer boas ações para merecê-la.
b. Não seguir alguma religião.
c. Não querer ir a Jesus Cristo.

5. Para que o Senhor Jesus Cristo veio a este mundo? (João 10:10).
a. Para que tenhamos vida abundante.
b. Para julgar os homens.
c. Para viver uma vida exemplar diante dos homens.

6. Quem é a verdade? (João 14:6).
a. Os apóstolos.
b. Jesus Cristo.
c. Os profetas.

Conhecer nosso Senhor Jesus Cristo é conhecer a verdade, pois ele é a verdade.
A Palavra de Deus, a Bíblia, também é a verdade (João 17:17), e seu objetivo é justamente testificar de Jesus Cristo, a fim de que os homens o conheçam e sejam libertos do pecado, recebendo a salvação eterna (João 8:32).

7. Qual é o único caminho para buscar a Deus? (João 14:6).
a. Praticar coisas boas.
b. Não ter vícios.
c. Jesus Cristo.

8. Qual é a única porta para a Salvação? (João 10:9).
a. Nossos méritos pessoais.
b. Nossas penitências.
c. Jesus Cristo.

9. Leia João 20:29, e responda: É Possível crer no Senhor Jesus Cristo, sem nunca tê-lo visto?
a. Sim
b. Não
Todos nós temos muitos problemas neste mundo. Os mais sérios, porém, são os problemas espirituais.
A vida aqui vai terminar mais cedo ou mais tarde, mas a alma – sopro de Deus – viverá eternamente. O destino da alma ou espírito depende do zelo ou cuidado com que alguém procura resolver os problemas espirituais, enquanto está neste mundo. Dependerá da escolha que faz de confiar ou não no Senhor Jesus Cristo para a salvação. Ele é a resposta para todos os problemas.

10. Se você sente fome espiritual, o que Jesus Cristo lhe diz? (João 6:35).
a. “Eu sou o Salvador que veio ao mundo salvar algumas pessoas que estejam dispostas a obedecer aos Dez Mandamentos.”
b. “Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim, de modo algum terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede.”
c. “Eu nada posso fazer por aqueles que têm fome e sede espirituais.”

11. Se você sente que “está nas trevas do pecado”, o que Jesus Cristo diz? (João 8:12).
a. “Talvez eu possa conduzir você através de um caminho de luz.”
b. “Aqueles que fizerem o bem certamente irão merecer andar comigo num caminho de luz.”
c. “Eu sou a luz do mundo; quem me segue, de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida.”

12. Se você não sabe “que caminho seguir”, o que Jesus Cristo lhe diz? (João 14:6).
a. “Eu sou uma das opções que você tem.”
b. “Eu sou o caminho.”
c. “Eu sou a saída.”

13. Se você diz: “não sei em quem acreditar”, o que Jesus Cristo lhe diz? (João 14:6).
a. “Eu sou a verdade.”
b. “Eu sou a esperança.”
c. “Eu sou a fé.”

14. Muitos ficaram escandalizados com Jesus Cristo (João 6:61-65). Que pergunta fez ele a seus discípulos? (João 6:67).
a. “Quereis vós também retirar-vos?”
b. “O que gostaríeis de ouvir?”
c. “Que tipo de Mestre estais procurando?”

15. Como Pedro respondeu a pergunta de Jesus Cristo? (João 6:68).
a. “O que faremos se te deixarmos, Mestre?”
b. “Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.”
c. “Não queremos fazer como eles, porque nós não somos tão pecadores.”

16. Você também responderá como Pedro?
a. Sim
b. Não

Há muitas pessoas que preferem seguir seus próprios caminhos, longe de Deus e sem esperança de salvação. Se você responder como Pedro, entregando sua vida totalmente a Jesus Cristo, certamente experimentará uma grande alegria em sua alma, além da paz e certeza da salvação que só Jesus Cristo pode dar.
Você já tomou a sua decisão de crer e seguira Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor? Só resta mais uma lição para você completar a série de quatro estudos.
Lembre-se: Quando terminar você receberá um certificado de conclusão do seu Curso Bíblico

NÚCLEO DE FÉ E ESTUDOS BÍBLICOS

 LIÇÃO 4

A Qualidade de Vida Que Deus Oferece

Parabéns! Esta é a última lição da primeira série de estudos bíblicos que você está fazendo. Esperamos que esteja aproveitando bastante o estudo e que isso possa levá-lo(la) a um interesse maior pela Bíblia, a Palavra de Deus.

Na lição anterior aprendemos:

– Nem todos os homens são filhos de Deus; todos são criaturas; filhos, só os que crêem em Jesus Cristo.
– Somente Jesus Cristo tem a solução para os anseios do nosso coração.
– Aquele que quiser, pode ir a Jesus Cristo.
– Crer é pôr toda a nossa confiança em Jesus Cristo quanto à nossa salvação.

Leia com atenção cada pergunta, e marque com X a resposta certa.
Lembre-se: Para cada pergunta só existe uma resposta certa.

1. Depois de crer em Jesus Cristo, alguém pode ter a certeza da vida eterna? (João 5:24).
a. Sim
b. Não

2. O que acontece no momento em que você crê em Jesus Cristo e o recebe como Salvador? (João 3:18).
a. Já não sou julgado entre os perdidos.
b. Sou julgado entre os perdidos.
c. Não acontece nada.

3.O que você tem no momento em que crê em Jesus Cristo e o recebe como salvador! (João 3:36). a. Alguma esperança.
b. A vida eterna.
c. Bons amigos.

4. Para onde você passa no momento em que crê em Jesus Cristo e o recebe como Salvador? (João 5:24).
a. Passo para a igreja.
b. Passo da morte para a vida.
c. Passo para a alta sociedade.

5. Como Jesus Cristo provou seu amor para conosco? (João 15:13)
a. Curando as nossas enfermidades.
b. Ensinando-nos a vontade de Deus.
c. Dando-nos a sua própria vida.

O Senhor Jesus Cristo veio a este mundo como prova do amor de Deus para conosco (João 3:16). Ele nos fez conhecer a Deus e a sua misericórdia para conosco.
A prova maior desse amor foi que “quando éramos ainda pecadores Cristo morreu por nós”, como o apóstolo Paulo afirma em Romanos 5:8. Mas ele não ficou morto, Ele ressuscitou!
Voltou para o céu, de onde voltará para buscar os que são seus (João 1:14,18).

6. Como podemos provar que somos amigos de Jesus Cristo? (João 15:14).
a. Falando sempre bem dele.
b. Fazendo o que ele nos manda.
c. Fazendo orações a ele.

7. O que faz Deus, o Pai, aos que servem ao Senhor Jesus Cristo? (João 12:26).
a. Honra a tais pessoas.
b. Olha para tais pessoas.
c. Despreza tais pessoas.

8. Para onde foi Jesus Cristo? (João 14;1 2).
a. Para um lugar distante que ele mesmo não definiu.
b. Para a casa do seu Pai, preparar-nos lugar.
c. Para um lugar onde não pode fazer nada por nós.

9. Qual é a promessa de Jesus Cristo para aquele que crê nele? (João 11:25).
a. Nunca perderá os amigos.
b. Nunca terá problemas e será sempre abençoado.
c. Ainda que morra viverá.

10.Quem ajuda o crente a lembrar-se da ressurreição e volta de Jesus Cristo? (João 14:26).
a. A Bíblia.
b. O Espírito Santo.
c. Os anjos de Deus.

11. O que o Senhor Jesus Cristo prometeu dar-nos? (João 14:27).
a. Sua paz.
b. Riquezas.
c. Glórias humanas.

12. Podemos ter paz, mesmo no meio de aflições e problemas? (João 16:33).
a. Sim
b. Não

13. Tudo fica muito fácil quando seguimos a Jesus Cristo? (João 15:20).
a. Sim
b. Não

14. O que podemos esperar quando seguimos fielmente a Jesus Cristo? (João 15:20).
a. Perseguição e obediência à palavra de Jesus Cristo.
b. Muita saúde e riquezas sem fim.
c. Uma vida completamente tranqüila e isenta de preocupações.

15. Todo cristão sincero está esperando o quê? (João 14:3).
a. A volta de Jesus Cristo.
b. Nunca enfrentar dificuldades.
c. Ter o reconhecimento e a aceitação das pessoas.

16. O que é Jesus Cristo para todos os que nele crêem? (João 11:25, 26).
a. Amigo e conselheiro.
b. Ressurreição e vida.
c. Paz e segurança.

17. O que acontecerá com aquele que rejeitar as palavras de Jesus Cristo? (João l 2:48).
a. Não terá problema algum.
b. Será aceito por Deus, mesmo assim.
c. Será julgado pela palavra de Jesus Cristo.

18. O que é preciso fazer para ter, ainda nesta existência, a certeza da vida eterna? (João 5:24).
a. Ser uma boa pessoa e ter um procedimento irrepreensível.
b. Fazer promessas e penitências.
c. Ouvir a palavra de Jesus Cristo e crer naquele que o enviou.

19. Você está preparado para a volta de Jesus Cristo?
a. Sim
b. Não

Você chegou ao fim desta primeira etapa do seu Curso Bíblico por Correspondência. O objetivo dessas lições foi mostrar-lhe quem é Jesus Cristo. Nossa esperança é que você tenha tomado a decisão mais importante de sua vida: segui-lo como seu Senhor e Salvador. Se você tomou essa decisão, sugerimos que procure imediatamente uma igreja batista, onde possa receber mais ensinamentos da Palavra de Deus e onde possa encontrar pessoas que tiveram a mesma experiência que você.
Certamente será maravilhoso cultuar a Deus em comunhão com tantos irmãos. Agora, ao recebermos a folha de respostas devidamente preenchida, a devolveremos corrigida, acompanhada de uma outra série de estudos bíblicos para você fazer. Que Deus abençoe profundamente a sua vida. Até breve.

Deixe uma resposta